Estado contabiliza mais de 5 mil denúncias de violência contra mulher

Escrito por em 09/03/2021

Um ano após o início da pandemia de Covid-19 no Brasil, é notório que as mulheres foram as mais impactadas pelas medidas de restrição, seja pela sobrecarga na rotina para administrar o cuidado com os filhos e trabalho remoto ou em sua integridade física e psicológica em razão do aumento da violência doméstica e psicológica nesse período. “É tudo novo para nós com essa pandemia. Não é da nossa vontade. A mulher já é multitarefas em seu dia a dia. Imagina com essa pandemia, quando tem que se desdobrar ainda mais? As mulheres, mais uma vez, estão sendo desafiadas neste momento, mas sabem que têm os órgãos especializados para recorrerem“, afirmou a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná, deputada Cantora Mara Lima (PSC).

Ela citou pelo menos duas leis paranaenses aprovadas pelos parlamentares que tratam do tema, como a que proíbe os agressores condenados de ocupar cargo público no Paraná e a que criou o Botão do Pânico digital, em conjunto com a Secretaria de Segurança, e que está em fase de testes. Nesse caso, a mulher poderá ter um aplicativo de celular para acionar em caso de perigo.

Dados do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos do governo federal apontam que em 2020 foram registradas mais de 100 mil denúncias nos canais do Ministério. São 12 denúncias por hora no Brasil. No Paraná, mais de 5 mil foram feitas pelo Disque 100.

Do total de registros, 72% (75.753 denúncias) foram referentes à violência doméstica e familiar contra a mulher. De acordo com a Lei Maria da Penha, esse tipo de violência é caracterizado pela ação ou omissão que cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico da mulher. Ainda estão na lista os danos morais ou patrimoniais a mulheres.

Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná debateu os desafios da mulher durante a pandemia – Foto: Leonardo Cunha

Fonte: ALEP


[There are no radio stations in the database]