Estado economiza mais de R$ 36 mi com home office de servidores

Escrito por em 21/12/2020

Foto: Agência Estadual de Notícias

A adoção do home office para a maior parcela do funcionalismo público estadual, como medida de prevenção ao coronavírus, resultou em economia de R$ 36,2 milhões ao governo do Paraná. Os resultados foram apresentados pelo Grupo de Trabalho Inovação na Gestão de Pessoas, que analisou o impacto do home office durante a pandemia.

Entre janeiro e outubro, o gasto com viagens para deslocamento de servidores foi de R$ 33,3 milhões. São R$ 14,8 milhões a menos do que no mesmo período do ano anterior. Já as despesas fixas, que incluem por exemplo limpeza, conservação, água, esgoto, comunicação de dados, energia elétrica, entre outros, caíram R$ 21,4 milhões. Neste ano, foram gastos R$ 238,6 milhões com esse tipo de despesa.

Dos 167 mil servidores ativos, 54% trabalharam em casa; de acordo com o levantamento, não foi detectada qualquer queda de produtividade. Pelo contrário. O número de protocolos abertos subiu 11% e o tempo de execução foi menor em relação a 2019. A análise de pareceres levava em média 190 horas no ano passado, contra cerca de 90 horas de 2020.

Fonte: Gazeta do Povo


[There are no radio stations in the database]