Criança de São João é vítima de assédio em mensagens de aplicativo

Escrito por em 24/11/2020

Compareceu no Pelotão da Polícia Militar de São João o pai de uma criança de 9 anos. Ele relatou que a filha passou a receber mensagens com cunho sexual através do aplicativo WhatsApp de uma pessoa que se identificou como Léo.

Segundo o pai, nas mensagens, o homem pedia para que sua filha enviasse fotos, pedindo para casar com ela, pedindo sobre as características físicas da menor e questionando que roupa estava vestindo. O pai da menor disse aos policiais que perguntou para ela como havia começado a conversar com aquela pessoa e a menor respondeu que cadastrou seu número no jogo online chamado Haho e que a partir daí “um jogador” passou a conversar com ela.

O pai da menor foi orientado quanto aos procedimentos cabíveis ao fato, sendo encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de São João.

Fonte: Jornal de Beltrão


[There are no radio stations in the database]