Justiça determina desocupação imediata da Alep. Professores protestam no local

Escrito por em 19/11/2020

A Justiça do Paraná determinou a desocupação imediata do prédio da Assembleia Legislativa do Paraná, ocupado por um grupo de professores desde a tarde de quarta-feira.

Eles estão sujeitos à multa diária de R$ 30 mil caso não acatem a decisão, que é liminar.

O presidente do sindicato que representa a categoria, Hermes Leão, disse que a entidade vai recorrer da decisão. A liminar que autoriza a reintegração de posse foi concedida à Alep pelo juiz substituto Fábio Machado.

Ele afirmou que os manifestantes entraram no local de modo agressivo e que desrespeitaram regras.

O grupo reivindica a revogação do edital que prevê a contratação de professores temporários por meio de Processo Seletivo Simplificado.

Na ocupação, o grupo pediu que a Alep interceda pela categoria na negociação com o governo do estado.

Fonte: AERP


[There are no radio stations in the database]