Dono de posto de combustíveis e cliente são presos suspeitos de comprar voto

Escrito por em 09/11/2020

O dono de um posto de combustíveis em Renascença e um cliente foram presos em flagrante, no sábado, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão de uma investigação sobre suspeita de compra de votos, segundo o Ministério Público do Paraná.

O cliente preso, que abastecia o carro no momento do cumprimento do mandado, entregou dois vales de 10 litros de gasolina cada como forma de pagamento.

De acordo com as investigações, os vales estariam sendo fornecidos por um candidato a prefeito e alguns candidatos a vereadores.

Foram apreendidos no posto vários documentos relativos à possível compra de votos.

O dono do local também foi preso por ter uma arma de fogo e munição sem autorização.

Fonte: AERP


[There are no radio stations in the database]