Anvisa autoriza compra de insumos para 40 milhões de doses de vacina contra Covid

Escrito por em 29/10/2020

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação da matéria-prima necessária para a produção de 40 milhões de doses da vacina CoronaVac, que está sendo desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo.

A autorização foi aprovada por unanimidade pela diretoria colegiada da Anvisa, mas acontece em caráter excepcional, já que a vacina ainda não tem registro no Brasil e está em estudo clínico, na chamada fase 3, que vai avaliar a eficácia do imunizante na prevenção de casos de Covid-19.

A decisão foi anunciada pela agência horas depois da cobrança feita pelo diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, questionando a demora na liberação.

O pedido para importação do princípio ativo para a produção de 40 milhões de doses da vacina foi feito há pouco mais de um mês, no dia 23 de setembro. 

Agora, com a autorização, o Butantan pode começar a fabricar o imunizante.

Mas a vacinação propriamente dita ainda não está autorizada e isso só vai acontecer depois que a CoronaVac passar por todos os testes clínicos.

Segundo o Instituto Butantan, a vacina já se mostrou segura e agora precisa comprovar que é efetiva para a prevenção.

Na semana passada, a Anvisa já tinha autorizado a importação de 6 milhões de doses da vacina pronta. 

Fonte: Rádio Agência Nacional


[There are no radio stations in the database]