Entrevista: médica fala sobre ansiedade durante a pandemia

Escrito por em 20/08/2020

A ansiedade tem sido uma grande preocupação desde o início da quarentena, em meio à pandemia do coronavírus. Desde que o isolamento social foi implementado, como medida preventiva contra a nova doença, tivemos que nos adaptar a novos comportamentos e rotinas.

Diante de tantas mudanças, é normal que o nosso corpo e nossa mente sintam algum impacto. 

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18,6 milhões de brasileiros (9,3% da população) convivem com o transtorno. Com a pandemia, esses sintomas podem ser ainda mais evidenciados. Por isso, é importante aprender como lidar com eles.

Camila Hoffman, médica que atua na Unidade de Saúde Osmã Simões, em Itapejara D’ Oeste, conversou com o repórter Celso Carnelutt e abordou o tema.

Ouça a entrevista:


[There are no radio stations in the database]