Cenário não é favorável para neve, avalia Simepar

Escrito por em 19/08/2020

Ao contrário do que circula pelas redes sociais desde o fim de semana, não será desta vez que vai nevar no Paraná, conforme o Simepar. O órgão acompanha a formação da massa de ar polar que se aproxima da região Sul e avalia que o cenário no estado não é favorável para a neve. A probabilidade maior é que o fenômeno atinja as serras gaúcha e catarinense e talvez cidades paranaenses mais altas, como Palmas, mas em menor intensidade.

Ainda assim, a previsão é de queda nas temperaturas a partir da quinta-feira (20), e o Simepar não descarta a possibilidade de geada em algumas regiões no fim de semana. A condição também é influenciada pela chuva, já que com o solo molhado torna-se mais difícil a formação de gelo. A previsão pode ser acompanhada no serviço do Alerta Geada, disponível no site do Simepar (www.simepar.br).

Um dos fatores que inibe a formação de neve são as chuvas constantes desde o último fim de semana. A condição ideal para a neve inclui temperaturas abaixo de zero e a formação de garoa. Como as precipitações nesta semana devem ficar em uma média de 15 milímetros a 20 milímetros, elas não colaboram para a ocorrência do fenômeno, esperado por alguns e temido por outros, principalmente pelos agricultores.

“Há um pouco de sensacionalismo nas redes sociais, mas pela condição atual e a que se projeta para os próximos dias, é difícil que isso ocorra. As condições nesta semana não são favoráveis para a neve, a não ser em regiões mais altas, como em Palmas, mas as chances também são pequenas”, explica o meteorologista Marco Antonio Jusevicius, coordenador de Operação do Simepar.

A 1ª rodada dos playoffs da NBA terminou na noite desta terça (18) com as vitórias dos Blazers pra cima dos Lakers, além dos triunfos de Magic, Rockets e Miami Heat.
BUCKS 110 x 122 MAGIC
No primeiro jogo do dia, o Orlando Magic surpreendeu os donos da melhor campanha da temporada regular, sendo inclusive, um dos candidatos ao título, Milwaukee Bucks. Liderando o placar durante boa parte do jogo, o Magic foi comandado por Nikola Vucevic, o cestinha da partida com 35 pontos. Giannis Antetokounmpo fez 31 pontos, sendo o maior pontuador dos Bucks.
HEAT 113 x 101 PACERS
Em um confronto bem equilibrado, que deve ser a tônica dos jogos entre Miami e Indiana. No primeiro jogo, melhor para o time de Jimmy Butler, que fez 28 pontos, sendo o cestinha da partida. Outro jogador que contribuiu para a vitória do Heat foi Goran Dragic, com 24 pontos. Os Pacers sofreram sem Victor Oladipo, que teve que deixar o jogo após um arranhão que atingiu seu olho esquerdo.
ROCKETS 123 x 108 THUNDER
Adivinha quem foi o grande nome do jogo entre OKC e Rockets? Se você disse James Harden, acertou. O barba, candidato a MVP da temporada, anotou 37 pontos e pegou 11 rebotes, conquistando seu 22º duplo-duplo na carreira em playoffs. O banco texano também teve grande contribuição para a vitória, somando 42 pontos. Pelo lado De Oklahoma, Danilo Gallinari foi o destaque com 29 pontos.
LAKERS 100 x 93 BLAZERS
O time amarelo de Los Angeles estava há um bom tempo longe dos playoffs, aproximadamente 7 anos, 3 meses e 21 dias sem participar de um mata-mata da NBA. A espera terminou nessa noite de terça, mas não como os torcedores imaginavam. Apesar da grande partida de LeBron James, que teve uma noite histórica anotando 23 pontos, 17 rebotes e 16 assistências, o primeiro jogador a combinar mais de 20 pontos, 15 rebotes e 15 assistências na história da liga em um jogo de playoff. Porém, do outro lado estava Damian Lillard “on fire”. O armados dos Blazers terminou a partida com 34 pontos, 5 rebotes e 5 assistências.

Fonte: AEM e Simepar


[There are no radio stations in the database]