Coronavírus alcança 33% das cidades do estado

Escrito por em 04/05/2020

O domingo (03) registrou dois novos patamares para a Covid-19 no Paraná: 1,5 mil pessoas diagnosticadas com a doença e 133 cidades atingidas, o que representa exatamente um terço dos 399 municípios. Os dados estão no boletim epidemiológico divulgado pela secretaria da Saúde. As cidades mais atingidas até o momento são Curitiba (470 casos confirmados), Londrina (106), Cascavel (85), Maringá (61) e Foz do Iguaçu (48).

Em apenas um mês, de 03 de abril a 03 de maio, a interiorização do coronavírus saltou 137,5%, de 56 municípios para 133. Na comparação com o boletim que registrou os primeiros casos no Paraná, em 12 de março, o crescimento foi de 6.550%, de 2 para 133 municípios em 53 dias.

O monitoramento da Secretaria de Saúde mostra que a doença evoluiu rapidamente no começo de abril e manteve trajetória um pouco mais regular depois dos 500 primeiros casos, mesmo com a inserção dos resultados iniciais dos testes rápidos.

O estado ultrapassou a marca de 500 casos em 7 de abril, 26 dias depois dos seis primeiros diagnósticos positivos aparecerem no boletim, em 12 de março. A doença era registrada em 68 municípios na ocasião.

Nos 13 dias subsequentes, metade do lapso temporal anterior, foram confirmados 500 novos casos e o Paraná registrou a marca de 1.000 no dia 20 de abril com 105 municípios atingidos. Depois de mais 13 dias, a Covid-19 alcançou 1,5 mil pessoas, no dia 03 de maio, já presente em 133 municípios.

O boletim epidemiológico aponta ainda moradores de outras 19 cidades fora do estado que tiveram casos detectados em municípios paranaenses. Eles residem em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Pará, Santa Catarina e no Distrito Federal.

FAIXA ETÁRIA – A faixa etária mais atingida continua sendo a adulta, com destaque para pessoas entre 30 e 59 anos, com 916 casos, o que representa 60,5% do total. Nas outras duas radiografias anteriores da doença, a realidade era a mesma, o que denota certa tendência.

São 352 casos (23,2%) entre pessoas que têm entre 30 e 39 anos, 289 (19%) entre 40 e 49 anos e 275 (18,1%) entre 50 e 59 anos. Se a soma englobar também a faixa de 20 a 29 anos, que tem 218 casos, são 74,9% do total. A idade média dos confirmados é 45,6 anos, menor do que a registrada quando o Paraná atingiu 1.000 casos, de 46,4 anos.

O Paraná também tem 23 casos confirmados em crianças de até 9 anos e 168 de pessoas acima de 70 anos, considerada a faixa etária de maior risco.

ÓBITOS – O boletim epidemiológico aponta 30 dias seguidos com registros de óbitos no Paraná. São 93 desde 27 de março. A faixa etária mais atingida é de pessoas com mais de 60 anos (representam 65,5%) e a média de idade é de 67,7 anos. O estado já perdeu 65 homens e 28 mulheres para a doença.

Fonte: AEN



[There are no radio stations in the database]