Brasil passa de quatro mil mortes, mas 49% dos doentes estão recuperados da doença

Escrito por em 27/04/2020

O Brasil chegou a 61.888 casos de pessoas infectadas pelo coronavírus e as mortes, a 4.205. Esses são os dados do Ministério da Saúde deste domingo (26), com base nas informações enviadas pelos estados e municípios. Nas últimas 24 horas foram registrados mais de três mil casos de pessoas doentes e mais de 180 mortes pela Covid-19. 

São Paulo é o estado que concentra os maiores números do país, com mais de 20 mil casos de pessoas infectadas e 1.700 mortes. Logo depois vem o Rio de Janeiro, com pouco mais de sete mil casos registrados e 645 óbitos por conta do coronavírus. Ceará, Pernambuco e Amazonas completam a lista dos cinco estados mais afetados pela doença. 

Mato Grosso do Sul, Sergipe e Tocantins são os estados que apresentam o menor número de pessoas doentes e mortes.

Uma boa notícia é de que 49% das pessoas que tiveram coronavírus conseguiram se recuperar. Isso quer dizer que são mais de 30 mil pessoas recuperadas no Brasil.

Paraná

A secretaria da Saúde do Paraná divulga no Informe Epidemiológico deste domingo (26) mais 16 novos casos e quatro óbitos pela Covid-19 nas últimas 24 horas. Agora o estado tem 1.156 casos confirmados, 682 pessoas que já se recuperaram e estão liberadas com segurança do isolamento e 73 que foram a óbito em decorrência da doença.

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior e o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, fizeram a coleta de material para exame do coronavírus. Eles estiveram com o deputado federal Ricardo Barros (Progressistas), que está com a doença.

Sudoeste

Uma mulher de 55 anos, com obesidade e problemas respiratórios crônicos é a segunda pessoa a morrer em decorrência de complicações causadas por coronavírus na região. Ela estava internada na UTI do Hospital Regional de Francisco Beltrão e a morte foi confirmada na madrugada deste domingo (26).

A paciente apresentou os primeiros sintomas no dia 7 de abril e buscou atendimento numa unidade de saúde de Verê. Depois, foi encaminhada para o hospital do município e, posteriormente, para o Regional. Ela vinha sendo tratada com fosfato de cloroquina, mais azitromicina.

A primeira morte da região foi registrada em Pato Branco, no dia 13 de abril.


[There are no radio stations in the database]