Delegado alerta para golpes que podem surgir com a crise do coronavírus

Escrito por em 25/03/2020

O delegado-chefe da 19ª SDP, Ricardo Moraes Faria dos Santos, diz que a Polícia Civil não tem nenhum registro de tentativa de golpes por pessoas se passando por agentes de combate ao coronavírus. Segundo ele, há várias publicações circulando pelo WhatsApp, mas que não passam de fake news. Em uma delas, há um alerta de que pessoas vestidas com jalecos brancos, crachás e pranchetas estão abordando residências para fazer perguntas sobre coronavírus e que na verdade seriam assaltantes.

O delegado observa que o contexto atual é muito delicado e podem, sim, ocorrer situações deste gênero. Contudo, na região, ainda não há relatos. “Pessoas de má índole podem se aproveitar deste momento para tentar cometer golpes e delitos contra a população, que já está fragilizada e preocupada com a pandemia de coronavírus.”

Há uma situação bastante divulgada que mostra três homens com jalecos e máscaras cirúrgicas na frente de uma porta e, com áudios, dizendo que estão entrando nas casas se passando por agentes da vigilância sanitária. “Não registramos em nossa região nenhuma ocorrência nesse sentido, mas medidas de cautela são sempre necessárias. É importante evitar abrir a porta para desconhecidos.”

Outra situação espalhada pelo aplicativo de conversas instantâneas estaria ligada à disseminação de links para, supostamente, tentar mapear casos de coronavírus ou de aplicativos que mostram se é seguro sair de casa. “Na verdade seriam links falsos para os golpistas terem acesso ao celular e cometer algum crime virtual. São situações circulando pelo WhatsApp, mas repito nenhuma foi registrada em nossa região nem sabemos da veracidade. Porém, sempre vale a pena alertar a população para tomar cuidado com o que acessa no celular. Se for baixar aplicativo, baixe só das lojas oficiais, evite clicar em links para baixar aplicativos no celular”, recomenda.

Dr. Ricardo dos Santos diz pra população sempre ter cautela.

Fonte: Jornal de Beltrão


[There are no radio stations in the database]