Capital de estado vai testar mosquitos que combatem a dengue

Escrito por em 18/02/2020

A cidade de Campo Grande (MS) será a segunda no país a testar uma técnica inovadora para prevenção da dengue e outras doenças carregadas pelo mosquito Aedes aegypti, como chikungunya e zika. Trata-se do Método Wolbachia, uma nova estratégia de ação do Ministério da Saúde. A Wolbachia é um microrganismo presente em cerca de 60% dos insetos na natureza, mas ausente no Aedes aegypti. Esse microrganismo reduz a capacidade de o mosquito transmitir dengue, Zika e Chikungunya. Desta forma, o Wolbachia foi inserido em mosquitos para que eles se misturem à natureza e aos outros mosquitos e, assim, diminuam o número de casos dessas doenças. Cerca de 2.500 profissionais de saúde, entre agentes de endemias e agentes comunitários de saúde, estão recebendo capacitação para atuar nas ações de vigilância, incluindo a mobilização da população nesta nova estratégia. Nesta segunda-feira (17), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinou o documento que formaliza a participação de Campo Grande na iniciativa e explicou que a dengue se combate com prevenção.


[There are no radio stations in the database]